Um acidente de viação provocou dez mortos e 13 feridos graves, esta sexta-feira, na Guiné-Bissau, informou o primeiro-ministro guineense, Umaro Sissoco Embaló, adiantando que o país está de luto.

O acidente ocorreu na localidade de Bissauzinho, a 23 quilómetros de Bissau, quando duas viaturas de transporte de passageiros colidiram.

Fonte dos serviços de Viação e Transportes Terrestres admitiu que "poderão existir mais mortos", cujos corpos não terão chegado aos hospitais, tendo sido levados pelos familiares antes de serem contabilizados.

Acompanhado de vários ministros e elementos da Presidência da República, o primeiro-ministro guineense visitou os feridos que estavam a receber assistência médica nos hospitais Simão Mendes e Militar de Bissau.

É um dia triste. Estamos de luto", observou Umaro Sissoco Embaló, que anunciou "todo apoio gratuito" aos feridos nos dois hospitais.

O governante afirmou, ainda, que o Governo vai reforçar as medidas do controlo de veículos no país, para evitar acidentes como o que ocorreu hoje.