O governador de Porto Rico, Ricardo Rosseló, disse na terça-feira que o balanço oficial do número de vítimas mortais causadas pelo furacão Maria aumentou de 16 para 34.

Segundo Ricardo Rosseló, 19 vítimas estão diretamente relacionadas com o Maria e outras 15 com ocorrências relacionadas com o furacão.

Ricardo Rosseló também disse acreditar que o furacão causou prejuízos na ordem dos 90 mil milhões de dólares (76,3 mil milhões de euros) em toda a ilha.

O governador fez o anúncio numa conferência de imprensa após a curta visita de Donald Trump ao território norte-americano para avaliar o impacto do desastre natural.

Durante a visita, Trump congratulou os cidadãos de Porto Rico por evitarem um elevado número de vítimas de uma "verdadeira catástrofe como o Katrina".

Cerca de 1.800 pessoas morreram em 2005 quando o furacão Katrina rompeu os diques que protegiam Nova Orleães.