Um avião despenhou-se, nesta sexta-feira, em Graubunden, no cantão de Grisons, Suíça, causando três mortos e um ferido grave, escreve a agência francesa AFP.

De acordo com as autoridades locais, morreram dois rapazes de 14 anos e o piloto. Uma rapariga de 17 anos ficou gravemente ferida, acrescentou Roman Rüegg, porta-voz da polícia de Grisons, durante uma conferência de imprensa, no aeródromo de Samedan.

As vítimas mortais faziam um baptismo de voo, no âmbito do programa de um campo de férias organizado pelo aeroclube da Suíça.

O avião que caiu é um Piper PA-28. 

A polícia foi alertada cerca das 09:30 locais de que uma aeronave tinha caído na região de Diavolezza, perto de Pontresina.

A causa do acidente ainda não é conhecida, mas o Ministério Público já abriu um inquérito.

Segundo o jornal suíço La Côte, o piloto era experiente e, antes de se despenhar, tinha efetuado um voo de 30 minutos no mesmo aparelho com outros jovens.

De acordo com o site do aeroclube, desde domingo (30 de julho), 192 jovens participam no 35.º campo de férias Pro Aéro, que tem por objetivo "um primeiro contacto aprofundado com a aviação". Do programa faz parte um baptismo do ar a partir do aeródromo de Samedan.