A coligação de centro-direita que reúne o ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi e outros partidos da extrema-direita perfila-se como a vencedora das eleições gerais em Itália, segundo a sondagem à saída das urnas divulgada hoje pela RAI.

No seio da coligação, a Forza Italia de Berlusconi consegue entre 13% e 16% dos votos no Senado e entre 12,5% e 15,5% na Câmara dos Deputados, de acordo com a sondagem à boca das urnas feita para para a estação pública italiana RAI.

Já a Liga Norte, que integra também a coligação das direitas, poderá ter entre 13% e 16% dos votos no Senado. Já para a Câmara, a sondagem aponta para entre 12,5% e 15,5%.

Por sua vez, os Fratelli d’Italia, de Giorgia Meloni, deverão alcançar entre 4% a 6% no Senado e entre 3,5% e 5,5% na Câmara.