O avião privado de Donald Trump, que transportava o pré-candidato republicano à presidência dos EUA, foi forçado a fazer uma aterragem de emergência, esta quarta-feira à tarde, em Nashville, Estado do Tennessee.

Segundo a ABC News, que cita a Admistração Federal da Aviação dos EUA (FAA, sigla em inglês), o Boeing 757 de Trump foi forçado a aterrar por volta das 16:40, devido a problemas no motor.

O incidente acabaria por atrasar o pré-candidato em mais de uma hora e meia para um evento de campanha em Little Rock, Estado do Arkansas, onde discursou para mais de 11.500 pessoas.

A FAA está a investigar as causas do incidente.

Leia também: Donald Trump entre os nomeados para o Nobel da Paz