Uma pessoa morreu e quatro outras continuam desaparecidas depois de um barco de pesca se ter afundado hoje ao largo da província de Hainan, no sudoeste da China.


As autoridades chinesas confirmaram que 12 das 16 pessoas que seguiam a bordo foram salvas pela tripulação do cruzeiro italiano Costa Victoria que navegava pela zona a leste do porto de Qinglan, na cidade de Wenchang.


Contudo, um dos resgatados morreu e dois outros encontram-se em estado crítico, informa a agência oficial Xinhua.