A China testou com êxito um sistema de defesa com um raio laser de alta precisão capaz de abater aviões não tripulados (drones) de pequena dimensão que voem a baixa altitude, informou a Xinhua.


O sistema tem capacidade para derrubar vários aparatos num raio de dois quilómetros em apenas cinco segundos após localizado o alvo, indicou, esta noite, a agência oficial chinesa, citando um comunicado da Academia Nacional de Engenharia, que participa no projeto.


O novo sistema foi desenhado para destruir aparelhos que voam a uma altitude máxima de 500 metros e a uma velocidade inferior a 50 metros por segundo.