Um porta-voz da IPCC, citado pela imprensa britânica, esclarece que que o objetivo é investigar "alegações quanto à manipulação por parte da polícia de Wiltshire de uma suposta alegação de abuso sexual de crianças na década de 1990".

O mesmo responsável acrescentou: "Alega-se que um processo criminal não foi prosseguido, quando uma pessoa ameaçou expor que Sir Edward Heath podia estar envolvido em crimes relacionados com crianças”.

"Além dessa alegação, a IPCC vai examinar se a polícia de Wiltshire, posteriormente, não tomou quaisquer medidas para investigar essas alegações", disse ainda o porta-voz citado pelo jornal The Independent.

Edward Heath foi primeiro-ministro entre 1970 e 1974 e tinha uma casa no condado de Wiltshire. Morreu em 2005, aos 89 anos.