Tal como os melhores amigos da estrela de cinema, tratam-se de verdadeiros diamantes: são fotografias, as últimas profissionais para que Marilyn Monroe posou, tiradas três curtas semanas antes de morrer.
É já esta quinta-feira que vão a leilão e cada uma das últimas oito fotografias profissionais para que a estrela de cinema posou, cada pedacinho de papel fotográfico de 18cm por 25cm, pode atingir o valor de mil libras, cerca de 1400 euros.
 
Marilyn Monroe foi fotografada a 13 de julho de 1962, aparece na praia, em Santa Monica, na Califórnia. Aparece dentro de água, na areia e enrolada num cobertor, deixando tudo à imaginação.
 
Atrás da lente estava o fotografo e amigo George Barris e as fotografias destinavam-se a ilustrar um livro sobre a atriz - Marilyn: a sua vida nas suas palavras. Mas com o desgosto com a morte de Monroe veio também o desgosto com o projeto, que foi suspenso e as fotografias esquecidas.

Até que 25 anos depois, Barris fez 99 cópias dos 8 negativos originais para incluir na coleção 'Last photos'. E são precisamente 8 dessas cópias que serão leiloadas esta quinta-feira, em Londres.
Tal como fez para o presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, os parabéns a Marilyn teriam sido cantados há poucos dias, no dia 1 de junho, e a atriz teria apagado 89 velas. Nascida Norma Jean, morreu de forma trágica aos 36.