Muitos animais estão a sofrer com a onda de calor que está a atingir a Austrália. Registaram-se temperaturas perto dos 50º graus e muitos animais tiveram de ser socorridos, devido a queimaduras e stress provocado pelo intenso calor.

Uma mulher deixou um cão bebé fechado no carro que tinha uma temperatura interna de 65 graus. As autoridades partiram as janelas do carro para recuperar o cachorro de sete semanas, no parque de um centro comercial.

O animal recebeu água e foi transportado para um carro da polícia com ar condicionado. A mulher, de 28 anos, foi acusada de negligência animal.

Segundo a BBC, as autoridades australianas já confirmaram, por exemplo, a morte de centenas de morcegos.

Na rede social Twitter, a Wildlife Information, Rescue and Education Service, a maior organização de resgate de vida selvagem da Austrália, publicou uma imagem do efeito do calor nas raposas voadoras, uma espécie de morcego.

Mais 120 jovens raposas voadoras foram resgatadas pela organização para receberem cuidados, e devolvidos às suas progenitoras. 

Os socorristas cuidaram de gambás com patas queimadas, causadas por telhados e estradas muito quentes. Ajudaram também a hidratar aves.

"Sempre que tivermos algum tipo de evento de calor, sabemos que teremos muitos animais a necessitar de ajuda", disse Harris.