Cuba está em alerta e a preparar medidas de prevenção e já transferiu milhares de pessoas de zonas ameaçadas, para fazer face à passagem pela ilha do furacão Matthew, segundo a televisão estatal.

Com a aproximação do furacão a Defesa Civil ativou os mecanismos previstos para casos de emergência meteorológica e começou a evacuar zonas perto do mar passiveis de inundação nas províncias orientais de Guantánamo, Holguín, Granma, Las Tunas e Santiago de Cuba.

Especialistas indicaram que foram adotadas medidas de proteção em armazéns de medicamentos e de alimentos e centros de produção, e reforçados serviços de saúde, transportes e comunicações.

No sábado, o furacão Matthew subiu no sábado à categoria 5, a máxima na escala Saffir-Simpson, com ventos até aos 260 quilómetros por hora.