Um sismo de magnitude 7,8 na escala de Richter abalou esta quarta-feira, às 12:49 (UTC), a ilha indonésia de Samatra, anunciou uma agência local. O alerta para tsunami surgiu logo após o abalo, mas já foi levantado por parte das autoridades, segundo a TVRI, uma estação de televisão local.

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS)  o sismo teve epicentro a 808 quilómetros a sudoeste de Pandang e 24 quilómetros de profundidade, o que significa que foi muito à superfície e terá tido força para causar estragos materiais e humanos.

Inicialmente as autoridades avançaram com seis mortos mas, duas horas depois, corrigiram a informação, negando a existência de vítimas mortais. Começam a aparecer as primeiras imagens dos danos materiais causados pelo abalo. 

Só no início deste ano a Indonésia já sofreu três sismos, a 17 de janeiro, a 12 de fevereiro e a 17 de fevereiro, todos de impacto inferior ao abalo de hoje.

Em 2004 a zona oesta da ilha de Samatra foi atingida por um sismo de magnitude entre 9,1 e 9,3 na escala de Richter, com a duração aproximada de oito a dez minutos. Ao abalo seguiu-se um tsunami com cerca de dez metros de altura, provocando danos nas zonas costeiras e registando um total de 220 mil mortos. 

O sismo começou por ser registado a 8,2 na escala de Richter mas atualizações por parte do Serviço Geológico dos Estados Unidos avança a magnitude de 7,8 na mesma escala.