Três pessoas morreram num ataque perpetrado nesta terça-feira, num tribunal de Moscovo, na Rússia, segundo a Reuters.

As vítimas mortais pertenciam a um gangue que estava a ser julgado naquele tribunal. A agência de notícias russa TASS indica, citando fonte judicial, que três dos atacantes foram abatidos quando tentavam fugir e que dois outros homens que participaram no tiroteio foram desarmados e detidos.

Segundo as autoridades russas, o tiroteio começou depois de cinco dos réus terem tentado pegar nas armas de fogo dos oficiais de segurança do tribunal para, com isso, fazer reféns e escapar.

Três oficiais de justiça sofreram ferimentos de bala.

A advogada dos réus Diana Tatosova disse inicialmente à Reuters, por telefone, que quatro dos seus clientes tinham morrido no incidente. O julgamento tem 11 acusados.

Terão sido disparados, no total, mais de 20 tiros.