Uma pessoa morreu e pelo menos 40 outras ficaram feridas na sequência de confrontos violentos registados esta segunda-feira na Bolívia entre polícias e mineiros que bloqueavam estradas nas regiões de La Paz e Cochabamba.

A vítima mortal dos incidentes é um mineiro da Cooperativa Kami, da capital, desconhecendo-se, até ao momento, as causas da morte.

Estes são os dados oficiais. Víctor Mamani, dirigente da cooperativa Kami, diz que são dois os mineiros mortos.

Os mineiros contestam uma lei em debate no Parlamento que lhes nega a possibilidade de assinar contratos de concessão com empresas privadas.