Fotos: Família real sueca despede-se da princesa Lilian

Por: / AA    |   16 de Março de 2013 às 16:39
A cerimónia fúnebre da princesa Lilian da Suécia decorreu este sábado no Palácio Real de Estocolmo.

Vestidos de preto, os reis Carlos Gustavo e Silvia, acompanhados dos seus três filhos e genros deram o último adeus à princesa Lilian numa emotiva cerimónia em que também esteve presente a rainha Margarida da Dinamarca.

Uma semana depois do seu falecimento, a viúva do príncipe Bertil, tio do rei Carlos Gustavo, foi a enterrar no cemitério real de Haga, num caixão coberto com a bandeira nacional e decorado com lírios brancos.

Durante a cerimónia foi colocada sobre a urna uma almofada com a coroa da princesa Eugenia, criada em 1860 por Edward Emanuel seguindo o modelo da princesa Hedvig Elisabeth Charlotta de 1778.

Visivelmente emocionada, a princesa Victoria contou com o apoio do marido, o príncipe Daniel, ao passo que a princesa Madalena, que interrompeu a sua despedida de solteira após a notícia do falecimento, se fez acompanhar do noivo, Chris O`Neill.

O príncipe Carl Philip também contou com a presença da namorada, Sofia Hellqvist, mas esta não se sentou junto da família real, uma vez que o noivado ainda não foi oficializado.
PUB
Partilhar
FOTOGALERIA:
Suécia despede-se da princesa Lilian

Funeral da princesa Lilian da Suécia Foto: Reuters EM CIMA: Funeral da princesa Lilian da Suécia Foto: Reuters
COMENTÁRIOS

PUB
BES: pode Cavaco Silva recusar depor no Parlamento?

O chumbo da audição do Presidente da República será uma situação inédita na comissão de inquérito sobre o colapso do Banco Espírito Santo. Até agora, nenhum requerimento, de qualquer partido, foi chumbado. A oposição queria ouvir o chefe de Estado, mas o PSD já anunciou que votará contra. O mais provável é que o CDS-PP alinhe no mesmo. Ou seja, Cavaco Silva deverá, como quer, escapar a mais esclarecimentos. No entanto, se a audição fosse aprovada, como todas as outras até aqui, teria mesmo de responder, nem que fosse por escrito.