Um novo sismo de magnitude 7,2 atingiu a ilha Lombok, na Indonésia, o segundo neste domingo e o quinto em menos de um mês.

De acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS), o tremor de terra foi registado a 124 quilómetros a noroeste de Lombok e a apenas um quilómetro de profundidade.

Não foi emitido. até ao momento, qualquer alerta de tsunami.

Já durante a manhã a ilha Lombok foi abalado por um sismo de 6,3. Este terramoto foi registado no nordeste da ilha, a uma profundidade de sete quilómetros, não existindo no momento informações sobre vítimas ou danos causados.

O mais recente balanço das autoridades indonésias apontava para pelo menos 436 mortos e mais de dez mil feridos após a série de terramotos que há pouco mais de 20 dias assola Lombok, destino turístico no sul do país.

Dezenas de milhares de casas, mesquitas e empresas ficaram destruídas.

O país está situado no chamado "Anel de Fogo do Pacífico", zona de grande atividade sísmica e vulcânica que regista cerca de sete mil terramotos por ano, na maioria moderados.

Os sismos são classificados segundo a sua magnitude como micro (menos de 2,0), muito pequeno (2,0-2,9), pequeno (3,0-3,9), ligeiro (4,0-4,9), moderado (5,0-5,9), forte (6,0-6,9), grande (7,0-7,9), importante (8,0-8,9), excecional (9,0-9,9) e extremo (superior a 10).