Depois de mais de duas décadas separados, seria de esperar que as notícias em torno dos norte-americanos Guns N’ Roses fossem sobre o regresso da banda aos palcos. No entanto, é a recente confirmação da adição de Axl aos AC/DC que está a empolgar a imprensa e por detrás das perguntas dos jornalistas.

Axl foi apanhado por um repórter do site norte-americano TMZ no aeroporto de Los Angeles, de onde ia partir depois do segundo fim de semana do festival Coachella, onde atuou à frente dos Guns N’ Roses, mas as perguntas relacionadas com os concertos foram as últimas do jornalista. O que o repórter quis saber desde logo era se Axl já tinha uma música preferida dos AC/DC.

De momento a ‘Touch too Much’”, respondeu.

                  

O líder dos Guns N’ Roses foi recentemente apresentado como o substituto de Brian Johnson como vocalista dos AC/DC para a tour europeia, depois de Johnson ter sido forçado a abandonar os palcos devido a problemas de audição.

Quanto aos concertos no festival Coachella, o vocalista mostrou-se satisfeito com os espetáculos.

Os concertos correram muito bem, o público foi fantástico. O primeiro espetáculo foi bom, o segundo foi mais divertido. O público respondeu ainda melhor.”

O cantor foi, ainda, questionado sobre a morte do ícone da pop Prince. Axl afirmou ser um fã do falecido cantor, e que “ficou “muito triste” quando soube da notícia.