O Banco Central Europeu informou os ministros das finanças da zona euro que não tem a certeza se os bancos gregos, que têm sofrido uma fuga de depósitos, serão capazes de abrir na próxima segunda-feira.

Segundo a Reuters, o presidente da reunião, Jeroen Dijsselbloem, perguntou ao membro do Conselho do BCE Benoît Coeuré se os bancos gregos seriam capazes de abrir amanhã. Coeuré respondeu: "Amanhã, sim. Segunda-feira, eu não sei".

Esta quinta-feira, fontes do setor bancário afirmaram que entre segunda e quarta-feira, os gregos retiraram depósitos dos bancos no valor de 2 mil milhões de euros.