Lewis Hamilton (Mercedes) venceu o GP dos EUA com tranquilidade, talvez até demais. O britânico confessou que esperava mais do seu rival direto, Sebastian Vettel (Ferrari), que não ofereceu grande resistência e deixou-o assumir a liderança da corrida em Austin. Ainda assim, Hamilton viu o alemão agarrar o primeiro lugar no arranque.

Foi uma das corridas mais divertidas que eu tive há um tempo”, disse Hamilton, que conseguiu ultrapassar Vettel na volta 6 com auxílio do DRS (sistema que reduz o efeito do arrasto aerodinâmico) na longa reta. Eu não arranquei bem na partida, Seb arrancou melhor, mas fiquei tranquilo, porque sabia que era possível ultrapassar aqui", explicou

Contudo, a batalha não durou muito e a verdadeira luta estava nos lugares atrás do Mercedes do britânico.

Ver Seb à frente e querer ter uma verdadeira batalha, fez-me lembrar o GP dos EUA de 2012. Era o que queria e foi o que mais gostei. Fiquei surpreendido pelo Seb não ter defendido mais, mas ainda assim foi justo", concluiu.