A Liberty Media vai estudar a hipótese de transmitir todos os conteúdos F1, através de serviços alternativos de streamming. Talvez seja possível no futuro, visualizar Grandes Prémios em plataformas como a famosa Netflix. No entanto, com a condição dos países abrangidos no contrato não tenham acordos de exclusividade com algum canal de televisão para a transmissão da modalidade.

Acreditamos que no mundo atual precisa de uma grande abertura na internet e temos alguns projetos em pensamento. Estamos a discutir com a Netflix uma parceria para 2018, e mais não posso dizer", comentou Sean Bratches em entrevista ao Sports Business. "Temos de oferecer aos nossos adeptos, várias formas de verem os nossos conteúdos. Eles merecem poder escolher como nos querem acompanhar”.