Uma aeronave da Força Aérea Portuguesa efetuou esta terça-feira uma aterragem forçada na zona de Monte Real, concelho de Leiria, sem que daí tenham resultado feridos. 

«Uma aeronave da Força Aérea Portuguesa EPSILON-TB30 efetuou uma aterragem forçada na área de Monte Real. Ambos os tripulantes não sofreram qualquer tipo de ferimentos», afirmou o coronel Rui Roque, porta-voz da Força Aérea.

Segundo Rui Roque, «trata-se de uma aeronave de instrução que estava a efetuar um voo de instrução».

A TVI sabe que a aterragem de emergência foi provocada por uma falha no motor e que os dois tripulantes em causa são muito experientes.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Leiria adiantou que o alerta para a ocorrência chegou às autoridades às 16:23, tendo acorrido ao local quatro viaturas, apoiados por sete operacionais, dos Bombeiros Municipais de Leiria e Voluntários de Leiria, e GNR.

À agência Lusa, o comandante operacional municipal de Leiria, Artur Figueiredo, explicou que a aeronave militar, sediada na base aérea nº1, em Sintra, caiu num terreno agrícola, nos campos do Lis, junto ao açude da Carreira.

«Não há vítimas, os pilotos estão bem e a aeronave tem danos que não aparentam ser significativos», declarou Artur Figueiredo.

No local do acidente, «está uma equipa da Força Aérea para peritagem» e estão a ser coordenados meios deste ramo das Forças Armadas e da Proteção Civil para ser retirada a aeronave do local.