O Vaticano teve uma manhã diferente com o Papa Francisco a receber um "presente" bem especial. A Lamborghini ofereceu, esta quarta-feira ao Sumo Pontífice uma edição única do modelo Huracán.

O modelo de pintura branca e listas douradas foi autografado pelo Papa Francisco e será leiloado pela famosa casa Sotheby’s (a partir de 180 mil euros) no dia 12 de maio e o lucro entregue ao Papa que já decidiu qual o destino do dinheiro. Francisco quer contribuir para algumas instituições: a Fundação “Ajuda à Igreja que sofre” focada no regresso dos cristãos à planície de Ninive, no Iraque; o projecto “Casa Papa Francesco" que ajuda as mulheres a sair do tráfico e da prostituição e ainda a “Gicam” e “Amici del Centrafrica” duas instituições italianas presentes em África.

Esta não é a primeira vez que o Papa recebe este tipo de presente. Em 2013 Francisco recebeu uma edição especial da Harley Davidson Dyna Super Glyde, feita por ocasião dos 110 anos da marca americana. A moto foi leiloada, juntamente com um blusão assinado pelo Papa e o dinheiro cedido a instituições de caridade.

Em fevereiro de 2015 uma segunda Harley, que tinha sido anteriormente oferecida a Bento XVI, também foi leiloada.

No ano passado, um casal americano pagou cerca de 70 mil euros pelo Fiat 500 que transportou Francisco durante a visita aos Estados Unidos e o dinheiro foi cedido a instituições de solidariedade.