Lewis Hamilton (Mercedes) colocou a fasquia bem alta na sessão de qualificação do GP dos EUA.
No Circuito das Américas, o piloto britânico parecia um peixe dentro de água. Bateu a concorrência e novamente o recorde da pista com a volta mais rápida de 1m33s108! Atrás, a 239 milésimos de Hamilton, Sebastian Vettel (Ferrari) arranca do segundo lugar à frente de Valtteri Bottas (Mercedes), Daniel Ricciardo (Red Bull) e Kimi Raikkonen (Ferrari).

Distração podia ter acabado mal

Romain Grosjean (Haas) e Lance Stroll (Williams) quase protagonizaram um acidente durante a primeira sessão, Q1. O francês surgiu lançado e não contou com a presença do canadiano que seguia a um ritmo muito lento à sua frente, na parte rápida da pista. Por pouco não colidiram. 

O que foi isto?", perguntou Grosjean via rádio.

 

Falha de comunicação grave por parte da(s) equipa(s) que não avisaram os respetivos pilotos acerca da afluência de carros na pista. Sobretudo a Williams que podia ter avisado Stroll que estava na trajetória de Grosejan.