Um avião da Monarch Airlines foi, este sábado, obrigado a uma aterragem de emergência, depois de detetada uma peça solta numa das asas. O aparelho fazia a ligação entre Manchester e Málaga.
 
De acordo com o site Air Live, o voo ZB654 teve de regressar ao aeroporto de Manchester, quando chegou à região de Gloucester.

   
A companhia aérea emitiu um comunicado onde explicou que “o voo ZB654 de Manchester para Málaga regressou a Mancheste, praticamente depois de descolar”. “O aparelho teve um problema técnico e, em linha com os procedimentos padrão, o capitão pediu uma aterragem de emergência”, acrescentou a Monarch.
 

“O voo, operado num Airbus A321, transportava 152 passageiros, duas crianças e sete tripulantes, incluindo o capitão e o chefe de cabine, aterrou em segurança e sem incidentes no aeroporto de Manchester”, disse ainda a companhia aérea, acrescentando que os passageiros foram transferidos para outro avião da Monarch, que foi operado pela mesma tripulação, de Manchester para Málaga, “com um atraso mínimo”.

 
O jornal britânico Daily Mail adiantou que se registaram problemas de despressurização na cabine, mas tal não foi confirmado pela companhia aérea.