Pelo menos 25 pessoas morreram e 30 ficaram feridas, neste domingo, na sequência de um ataque suicida contra uma sede policial na cidade de Al Mukala, capital da província de Hadramut, no sudeste do Iémen.

Entre as vítimas mortais encontram-se, segundo dados provisórios, nove candidatos a polícia.

De acordo com a agência EFE, um bombista suicida infiltrou-se no pátio do posto da polícia com um cinto de explosivos junto ao corpo. 

Este é o segundo atentado contra forças de segurança registado em três dias em Al Mukala.