Um segurança agrediu uma criança de nove anos na principal estação de comboios de Malmö, no sul da Suécia. Um outro agente imobilizou outra criança de 12 anos. O incidente ocorreu no último dia 6 de fevereiro e foi registado por pelo menos três pessoas que se encontravam no local. A polícia já está a investigar o caso.



Nos vídeos, pode ver-se o segurança privado a deitar a criança no chão, a sentar-se em cima dela e a prender-lhe as mãos contra a cara. Outro agente falava ao telemóvel e, com a mão livre, imobilizou outro rapaz.

De acordo com testemunhas citadas por jornais como o «Sydsvenskan» ou o «Observers» , as crianças não falavam sueco e a mais nova recitou uma oração islâmica.

As duas crianças foram apanhadas a viajar no comboio sem bilhete, depois de terem fugido da casa de acolhimento onde vivem. A polícia confirmou que está a investigar o incidente. Pelo menos 12 reclamações foram apresentadas. «As crianças são suspeitas de assalto e serão interrogadas sobre esse assunto», acrescentou a porta-voz da polícia Linda Pleym.

As duas crianças foram levadas de volta para o centro de acolhimento e, de acordo com a imprensa, já terão voltado a fugir.