O comissário europeu para o Euro, Valdis Dombrovskis, afirmou hoje em Lisboa que, neste momento, "a bola está do lado da Grécia" e que os credores internacionais e Atenas têm de chegar a acordo "nos próximos dias".

"Precisamos de chegar a um acordo nos próximos dias porque o tempo está a esgotar-se. A bola está claramente do lado da Grécia", afirmou Dombrovskis hoje em Lisboa, em conferência de imprensa conjunta com a ministra das Finanças de Portugal, com quem esteve reunido no âmbito do calendário do Semestre Europeu.


O comissário europeu disse ainda que "os Estados Membros estão a levantar cada vez mais questões" sobre as negociações entre as autoridades gregas e os responsáveis europeus e defendeu que, para a Comissão Europeia, a conclusão bem-sucedida do atual programa de resgate, "economicamente, é de longe a melhor solução para a Grécia e para a zona euro".

Após um fim de semana de tensão, a Grécia retomou terça-feira as negociações com os credores europeus e do Fundo Monetário Internacional (FMI), que na quinta-feira anunciou a sua retirada da equipa técnica das negociações.

Fontes europeias disseram esta sexta-feira à Reuters que, pela primeira vez, está a ser discutido um 'plano B' para a Grécia.

O porta-voz do FMI Gerry Rice afirmou que persistem divergências importantes entre a Grécia e os credores internacionais e que um acordo ainda está longe, acrescentando que as autoridades gregas estão a preparar novas propostas.

A Grécia enfrenta problemas de liquidez e vai ter de pagar perto de 1,6 mil milhões de euros ao FMI a 30 de junho.