crise de refugiados





Numa das imagens consideradas mais polémicas, a modelo, Monika Jablonczky, está a tirar uma selfie junto a uma vedação, em roupas de marca, e com um telemóvel com o logótipo da Chanel. A modelo veste uma túnica aberta na frente, vendo-se o corpo, o que acentuou a contestação, atendendo a que a maior parte dos migrantes é proveniente do Médio Oriente.