«não foi respeitado o princípio da separação de poderes»«muita água vai ter de correr» para que os dois países possam voltar a cooperar todos os funcionários judiciais portugueses já abandonaram o país