Na reabertura dos mercados, Xangai voltou às perdas e encerrou a deslizar 2,55% nos 3.080,42 pontos, apesar de ter chegado a subir cerca de 2%.

Os mercados estiveram encerrados durante dois dias devido às comemorações do fim da Segunda Guerra Mundial.

A venda massiva de ações mostra que os investidores ainda receiam a turbulência no mercado asiático, apesar das palavras do presidente do banco central chinês, Zhou Xiaochuan, que sublinhou que a turbulência no mercado acionista está quase a terminar.