O defeito no trinco das portas de vários modelos da marca Ford nos Estados Unidos não afeta Portugal.

À TVI fonte oficial da marca em Portugal disse que, “para já, não temos qualquer informação de problemas com os modelos produzidos nas fábricas da Europa”. A notícia, da CNBC, refere-se somente “a modelos produzidos nas fábricas nos Estados Unidos”.

As fábricas norte-americanas produzem para os mercados do continente, sendo que os modelos à venda na Europa – C Max, Escape (na Europa o Correo), Focus, Mustang e Transit Connect -, também em Portugal, são produzido cá.

A Ford vai recolher quase 830 mil carros nos Estados Unidos e México devido a problemas nas fechaduras das portas laterais. A notícia, avançada pela CNBC, refere que o problema detetado pode levar a que estas se destranquem em andamento.

De acordo com a mesma notícia em causa estão veículos Ford C –MAX e Ford Escape de 2013-15; Ford Focus de 2012-15; Ford Mustang e Lincoln MKC de 2015 e Ford Transit Connect de 2014-16.

A marca norte-americana teve conhecimento de um acidente com danos pessoais que admite agora estar relacionado com os trincos das portas com defeito.

Os cerca de 828.053 veículos afetados incluem 766.682 nos Estados Unidos e 61.371 no México.