A atleta russa Natalia Molchanova está desaparecida desde domingo, nas ilhas Baleares espanholas. A embarcação onde seguia a campeã mundial de imersão em apneia foi encontrada a uma milha da praia de Ses Illetes, em Formentera.

A atleta, de 53 anos, tinha ido mergulhar com mais três pessoas. As autoridades encetaram buscas, mas até ao momento sem sucesso. Teme-se que Natalia Molchanova esteja morta e o corpo esteja no fundo do mar.

Molchanova foi a primeira mulher a passar a marca dos 100 metros de profundidade em apneia, em setembro de 2009. Ao todo, conquistou 40 recordes.