Três pessoas, incluindo um bombeiro, sofreram esta segunda-feira ferimentos ligeiros depois de parte de um prédio em recuperação ter cedido, no Porto, disse à Lusa o chefe de serviço dos Sapadores Bombeiros do Porto, José Leão.

Tratou-se do soalho do rés-do-chão de um prédio em obras que cedeu pelas 16:40 na rua da Vitória, o que fez com que dois trabalhadores com perto de 40 anos caíssem até à cave, tendo acorrido ao local os Sapadores, os Bombeiros Voluntários do Porto e o Instituto Nacional de Emergência Médica.

José Leão realçou que um bombeiro ficou ferido num dedo no momento da remoção dos materiais e teve de ser também transportado até ao Hospital de Santo António, por precaução.

O chefe de serviço dos Sapadores alertou que a maior dificuldade com que se depararam foram os acessos, uma vez que as viaturas de grande porte não conseguiram entrar pelas ruas, no centro da cidade, e foi necessário caminhar até ao local do acidente.