Quatro pessoas de uma mesma família foram assassinadas a machadadas este domingo por dois irmãos que os acusavam de bruxaria, numa aldeia no estado de Jharkhand, no leste da Índia, segundo uma fonte policial citada pela agência EFE.

Os dois irmãos entraram na casa das vítimas pouco depois da meia-noite local e mataram uma idosa de 75 anos e os seus três filhos adultos, disse Inderjeet Mahatha, superintendente da polícia do distrito de Sereileka Kharswan, onde ocorreram os assassínios.

Os irmãos entregaram-se na esquadra da polícia esta manhã.

“Os irmãos, que se entregaram esta manhã numa esquadra de polícia com o machado nas mãos, assassinaram a idosa e a sua família porque os acusavam de ter provocado a morte, através de magia negra, do filho de um deles, que se encontrava doente”, explicou Mahatha.