“Dois soldados franceses em missão no Burkina Faso são suspeitos (…) de envolvimento em atos de natureza sexual com duas crianças”, refere o comunicado oficial divulgado pelo ministério.