Apresentação da Playstation 4 (Reuters) 1/5 Apresentação da Playstation 4 (Reuters)
Apresentação da Playstation 4 (Reuters) 2/5 Apresentação da Playstation 4 (Reuters)
Apresentação da Playstation 4 (Reuters) 3/5 Apresentação da Playstation 4 (Reuters)
Apresentação da Playstation 4 (Reuters) 4/5 Apresentação da Playstation 4 (Reuters)
Apresentação da Playstation 4 (Reuters) 5/5 Apresentação da Playstation 4 (Reuters)
5 FOTOS

Apresentação da Playstation 4

21 de Fevereiro de 2013 às 00:10
Partilhar
«Se Sócrates não fosse quem é, não estaria preso»

O advogado João Araújo, que representa o antigo primeiro-ministro José Sócrates, está convicto da inocência do cliente: «Acredito e declaro, com toda a certeza possível, que o senhor engenheiro José Sócrates não praticou aqueles crimes que lhe imputam». O causídico disse, no «Jornal das 8» da TVI, que o «processo tem uma face profundamente política». «O facto de ele ser quem é, influenciou a decisão do juiz», sublinhou