Discurso Directo: o estado da Justiça em Portugal

Até às 16h30, pode enviar a sua opinião para o e-mail discursodirecto@tvi.pt ou contactar o programa através do telefone 210 44 11 45

Por: tvi24    |   28 de Agosto de 2009 às 14:33
Hoje vamos falar do Estado da Justiça em Portugal no seguimento da apresentação dos programas políticos às próximas eleições, mas também de um episódio recente, a acusação do MP a um ex-administrador do Supremo Tribunal de Justiça e a mais 12 arguidos, acusados de peculato e falsificação de documentos.

Pegando neste caso particular, importa falar do estado geral da Justiça e queremos ouvir a sua opinião sobre este assunto. Até às 16h30, pode enviar a sua opinião para o e-mail discursodirecto@tvi.pt ou contactar o programa através do telefone 210 44 11 45.
PUB
Partilhar
EM BAIXO: Discurso Directo - 318x262
Discurso Directo - 318x262

COMENTÁRIOS

PUB
Sócrates: prisão preventiva pode ir até março de 2018

Prazos são alargados em casos de «excecional complexidade». Medida de coação é revista a cada três meses e pode ser alterada. A soma de 40 meses leva em conta todas as fases possíveis e no máximo de tempo permitido. No máximo, o ex-primeiro-ministro pode ficar preso até março de 2018. Num processo «normal», este tempo seria reduzido para 18 meses no total, ou seja, até maio de 2016