A economia da França contraiu 0,1% no segundo trimestre, depois de crescer 0,7% nos três meses anteriores, segundo uma estimativa revista pela agência de estatística nacional francesa, INSEE.

Esta foi a primeira vez que a segunda maior economia da zona do euro contraiu desde o primeiro trimestre de 2013. O INSEE tinha dito anteriormente que o crescimento económico estava estabilizado em 0% no período de abril a junho.

A desaceleração ficou a dever-se a um declínio acentuado nos stocks mercadorias nacionais, disse a INSEE, que cortou 0,7 pontos à produção nacional, enquanto o comércio adicionou 0,6 pontos.