O comissário europeu dos Assuntos Económicos e Monetários, Joaquín Almunia, afirmou esta sexta-feira que é possível que a recessão termine antes do fim de 2009.

No âmbito do décimo aniversário da entrada da Espanha na União Económica Monetária, Almunia assegurou que, para tal, é necessário que as medidas de apoio ao sector financeiro e as que foram adoptadas pelos governos europeus tenham aplicação rápida.

No entanto, e de acordo com a agência EFE, o comissário sublinhou que a actual crise terá repercussões «importantes» na economia, no sistema financeiro e a nível social.

Sobre a moeda única, Joaquín Almunia sublinhou que tem sido um êxito e proporcionou estabilidade e emprego.