O economista Ronald Coase, distinguido com o prémio Nobel da Economia em 1991, morreu esta terça-feira em Chicago, nos Estados Unidos, aos 102 anos, anunciou a Universidade de Chicago, onde era docente.

Coase nasceu no Reino Unido, onde estudou na Universidade de Londres e na London School of Economics e tornou-se conhecido em 1960 com a publicação de um artigo intitulado «O problema do custo social», que foi a base do Teorema de Coase.

Este teorema alega que os direitos de propriedade bem definidos poderão compensar os custos gerados por fatores externos ao mercado. Coase defendia, portanto, que não é necessariamente indispensável contar com o Estado para corrigir estes fatores externos.

Este economista também ficou conhecido pelo seu trabalho sobre os custos de transação como o tempo para comparar preços.