Um estudo a ser apresentado em Lisboa na sexta-feira indica que a maior parte das empresas portuguesas acredita que a economia portuguesa cresça em 2015, esperando um crescimento dos seus negócios no próximo ano.

De acordo com o barómetro das Viagens de Negócio "Travelstore American Express" que será apresentado na 7.ª edição do Salão das Viagens de Negócio, na capital portuguesa, das cerca de 280 empresas inquiridas 71% respondeu esperar um crescimento da economia nacional em 2015, enquanto 12% afirmou esperar um decréscimo e 17% uma estagnação.

O estudo será desenvolvido por completo na sexta-feira, mas uma primeira nota da organização realça que no que diz respeito à confiança no negócio das empresas «foram 85% os que manifestaram a sua confiança relativamente a um crescimento, enquanto que apenas 2% estimam assistir a um decrescimento e 12% a uma estagnação».

A 7.ª edição do Salão das Viagens de Negócio conta com uma intervenção do banqueiro António Horta Osório e do secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes.