O deputado do PSD Miguel Almeida, da Comissão do Poder Local da Assembleia da República, sugeriu esta segunda-feira que o Governo recorra à Caixa Geral de Depósitos (CGD) para resolver o problema da poluição na Ribeira dos Milagres, em Leiria, refere a Lusa.

No final de uma visita que seis deputados do PSD fizeram à Ribeira dos Milagres, que incluiu uma reunião no Governo Civil de Leiria com representantes dos suinicultores e comissão de defesa da ribeira, Miguel Almeida defendeu que perante a dificuldade em arranjar financiamento para construir a necessária estação de tratamento de efluentes, «o Governo tem a CGD, que se serve para ajudar outros empresários, também pode ajudar a resolver este problema ambiental e os pequenos e médios empresários que têm aqui as suas suiniculturas».

A poluição da Ribeira dos Milagres com descargas das suiniculturas tem como solução prevista o encaminhamento desses esgotos para a Estação de Tratamento de Efluentes Suinícolas (ETES) a construir em Amor, uma outra freguesia do concelho de Leiria. Uma infra-estrutura que surgirá por iniciativa da Recilis, empresa responsável pelo tratamento dos efluentes das suiniculturas de Leiria, de que faz parte a Águas de Portugal (AdP).

«Não faz sentido que, passados tantos anos, este assunto continue por resolver. Há pouco tempo veio aqui o senhor ministro [do Ambiente] dizer que não aceitava que continuassem as descargas e por isso não faz sentido o Governo não ter um papel mais activo no processo», apontou o deputado social-democrata.