O crescimento da economia espanhola deverá ter revelado um ligeiro abrandamento no segundo trimestre, disse hoje o Banco de Espanha.

As previsões apontam para que o Produto Interno Bruto (PIB) tenha acelerado 0,7% do entre abril e junho, depois da subida de 0,8% entre janeiro e março.

De qualquer modo, a instituição refere que “a informação mais recente aponta para um crescimento robusto da atividade económica”

Os dados oficiais preliminares do PIB será revelados pelo instituto da estatística do país e 29 de julho.

Official preliminary GDP data will be published by the National Statistics Institute July 29.

O Banco de Espanha faz ainda referência ao Brexit. O regulador financeiro diz que ainda é cedo para avaliar os efeitos na economia do impacto que a votação do dia 23 no Reino Unido está a ter nos mercados.

As previsões do Banco de Espanha surge um dia depois de se saber que Bruxelas vai mesmo propor sanções a Portugal e Espanha. O veredicto chegará a 5 de julho e a Comissão Europeia irá recomendar ao Conselho Europeu multa até 0,2% do PIB e suspensão temporária dos fundos europeus.

Numa altura também do rescaldo eleitoral do passado domingo no país vizinho. Um resultado não muito diferente do de dezembro de 2015.  O PP de Rajoy ganha deputados mas não consegue a maioria e terá agora que negociar, sobretudo com um PSOE que se manteve como segunda grande força política.