O Banco Central Europeu já comprou mais de 608 mil milhões de euros em dívida pública da zona euro.

É o balanço feito pelo próprio BCE, um ano depois de ter iniciado um vasto programa de compra de dívida pública e privada.

Um balanço feito a dias de a instituição liderada por Mario Draghi decidir sobre os estímulos monetários a aplicar na zona euro para impulsionar a inflação.

Ao certo, o BCE investiu 608.003 milhões de euros até agora em dívida pública e privada, com um investimento mensal de 60 mil milhões de euros, em média, podendo livremente aumentar o volume de compras. 

O Conselho de Governadores reúne-se na quinta-feira e, para além de dever anunciar novos estímulos à economia, poderá reduzir a taxa de juro aplicada aos depósitos, que está em -0,30%.