O setor industrial retomou o crescimento em julho na zona euro pela primeira vez em dois anos, segundo índices da empresa de serviços de informação financeira Markit divulgados esta quinta-feira.

O indicador PMI (Purchasing Managers Index) da atividade industrial da zona euro subiu em julho para 50,3 pontos, acima da barreira dos 50 pontos pela primeira vez desde julho de 2011, indicou a Markit.

Em julho, o PMI da atividade industrial subiu em todos os países da zona euro, exceto em Espanha.

Um índice inferior a 50 pontos significa contração, enquanto se este valor for superior indica aceleração da atividade.

«O terceiro trimestre começa com uma nota positiva para a atividade industrial da zona euro (...) Esta melhoria da atividade industrial deverá estimular o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre de 2013 e favorecer uma saída da recessão na zona euro», afirmou Rob Dobson, economista da Markit.

A economia da zona euro recebeu outros sinais encorajadores nos últimos dias, como a retoma da atividade privada (indústria e serviços), uma nova melhoria da confiança das empresas e dos consumidores, para o nível mais alto desde abril de 2012, e uma pequena descida do número de desempregados pela primeira vez em dois anos.