A confiança dos investidores alemães subiu para 42 pontos em agosto, face aos 5,7 pontos de julho, muito acima das previsões dos analistas que estimam que a recessão na zona euro poderá estar a chegar ao fim.

O índice ZEW hoje divulgado, que mede a confiança dos investidores alemães, subiu de 5,7 pontos em julho para 42 pontos em agosto, batendo assim a as estimativas que apontavam uma subida para os 40 pontos este mês.

Segundo os analistas citados pela agência AP, esta é a maior subida desde março de 2013 e os primeiros sinais do fim da recessão nos países da zona euro poderão ter contribuído para a subida do indicador.

O otimismo económico é suportado pela robustez da procura interna na Alemanha, segundo os mesmos analistas.

Na base da análise feita pelo instituto alemão estão questões colocadas a analistas e a investidores sobre a evolução económica na Alemanha, bem como as suas expectativas para os próximos meses.