A TAP mudou de estratégia e, a partir desta quinta-feira, 1 de setembro, passa a concorrer com as companhias low cost. Como? Vai reduzir os preços, em média em 34%, mas só nível das tarifas mais baixas, o chamado tarifário Discount.

A partir de hoje, os preços começam nos 32 euros por percurso, já com taxas incluídas, para a Madeira, Açores, destinos na Europa e no norte de África (Argélia e Marrocos).

A TAP passa desta forma a competir no segmento das tarifas mais baixas do mercado, cabendo a cada cliente escolher, de forma simples e transparente, o nível de serviço que melhor se adequa à sua viagem e pagando apenas o preço correspondente ao tipo de produto que valoriza”

As reservas já podem ser feitas, através da página da companhia, em www.flytap.com, ou do agente de viagens, para viagens a efetuar daqui a um mês, a partir do dia 1 de outubro.

“Esta mudança insere-se no âmbito das medidas definidas no Plano Estratégico da TAP, que abrange, entre outras, o programa de remodelação da sua frota de médio curso com vista a melhorar os interiores de cabina dos aviões e a proporcionar mais conforto ao cliente”, destaca ainda a empresa em comunicado.

Com início a partir de meados de setembro, esse programa envolve um investimento da ordem dos 40 milhões de euros.

Os clientes passam a dispor de quatro opções para viajar em económica e duas em executiva. A elas correspondem seis tarifas com serviços e ofertas diferentes.

Exemplos para bilhetes comprados online

Lisboa-Londres 69,42 euros até 01/09/2016 39,00€ a partir de 01/10/2016 -44%
Lisboa-Paris 44,42 € 33,00€  -28%
Lisboa-Valência 94,42€  59,00€  -37%
Lisboa-Bruxelas 52,42€ 35,00€ -33%
Lisboa-Frankfurt 127,42€ 60,00€ -53%

Recorde-se que a transportadora aérea inaugurou a 26 de março a sua ponte aérea entre Porto e Lisboa, com 18 voos diários entre as duas principais cidades do país, um recorde em Portugal. Com esta medida, a TAP quis concorrer com as low-cost e o comboio, embora com preços reduzidos só para alguns horários.