A Lufthansa inicialmente indicou que iria cancelar todos os voos de e para Portugal na segunda-feira, na sequência da greve do pessoal de cabine que começou na sexta-feira, mas afinal vai realizar-se uma ligação entre as cinco que estavam programadas: Lisboa-Munique, disse hoje à Lusa fonte oficial da companhia alemã.

“Vai realizar-se o voo LH1791, Lisboa-Munique, com partida de Lisboa às 14:00 e chegada a Munique às 18:10”


Perante esta nova informação são cancelados os dois voos entre Lisboa e Frankfurt e os dois entre o Porto e Frankfurt.

Para segunda-feira, estavam previstos dois voos entre Lisboa e Frankfurt, um voo entre Lisboa e Munique e dois voos entre o Porto e Frankfurt. No total, serão 10 as ligações entre os dois países que serão canceladas.

A greve de pessoal de cabine da Lufthansa, prevista durar até 13 de novembro, atingiu na sexta-feira e no sábado os aeroportos de Frankfurt e Dusseldorf.

Depois de cerca de 300 voos cancelados na sexta-feira, a greve no sábado levou à supressão de 520 voos de curto e médio curso e afetou 50 mil passageiros, segundo a companhia aérea.

O sindicato alemão UFO, que representa a maioria dos 19 mil tripulantes de cabine da Lufthansa, já tinha anunciado que a greve seria interrompida hoje, já que, "neste dia, a maior parte das viagens são de caráter privado”, e retomada na segunda-feira e alargada ao aeroporto de Munique.