O ministro das Finanças está de saída do Governo. A informação está já publicada no site da Presidência da República, onde se adianta também que a secretária de Estado do Tesouro, Maria Luís Albuquerque, vai substituír Vítor Gaspar.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, pediu uma reunião de urgência ao Presidente da República e deslocou-se esta tarde a Belém para apresentar a «mini-remodelação» do Executivo.

As razões para a saída do ministro ainda não são conhecidas, mas tem sido visível o mal estar no seio do Governo em relação às medidas de austeridade que o ministro tem tentado implementar, como a taxa sobre as pensões, que levou mesmo Paulo Portas a ameaçar com a saída do CDS da coligação governamental.

Em dois anos de Governo, Vítor Gaspar, que foi o responsável por dois Orçamentos de Estado que chumbaram no crivo do Tribunal Constitucional, acumulou casos polémicos.

Gaspar acaba assim por sair do Governo num momento em que o Orçamento Retificativo está no Parlamento a duas semanas da nova avaliação da troika, que arranca dia 15. Esta oitava avaliação será decisiva já que vai ser marcada pela negociação de um novo quadro de metas orçamentais para o ano que vem.