O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio, admitiu esta segunda-feira que a Grécia não deverá sair da zona euro, mesmo que entre em incumprimento, refere a Reuters.
 

«Estamos convencidos que a Grécia não irá sair da zona euro. O tratado da União Europeia não prevê que um país possa ser formalmente e legalmente expulso do euro. Achamos que isso não deve acontecer».


Vítor Constâncio esteve a ser ouvido pelos eurodeputados, em Bruxelas, garantindo que um «default» da Grécia não teria impacto automático nos bancos.
 

«O BCE considera que os bancos gregos são solventes».


No entanto, o vice-presidente do BCE alertou que não haverá financiamento ilimitado e sem condições.
 

«Temos estado a dar resposta, mas não podemos prometer que vamos financiar a Grécia seja qual for a situação, os montantes, as condições...».